segunda-feira, 11 de abril de 2011

Cotidiano

O meu desejo é profundo demais pra falar 
E o que eu penso é difícil de alguém entender
A vida segue e os dias parecem iguais
Cade a vida que perdemos sempre ao viver?
Há crianças pelas ruas
Há desertos de dor
Há uma forma em cada alma
Um intenso rancor
Tantos medos nas esquinas
uma grande prisão
Tantos sonhos esquecidos
um vazio que vive no coração
O meu desejo é profundo demais pra expor
E o que eu penso é difícil de alguém aceitar
A vida segue e os dias não são tão iguais
Cade a vida que não conseguimos notar?
Onde mora a verdade?
Onde mora o amor?
Onde vive a liberdade?
Diz qual é seu sabor
Você anda pela ruas
sem respostas enfim
Mas a fé que eu tenho em Deus
Me faz ver o que sou, nunca fugir de mim
O meu desejo é intenso demais pra falar
Mas hoje eu grito e o que acredito eu vou levar
Para onde for, no dia a dia
Todo dia esse grande amor eu vou levar
Cotidiano -   Catedral

Um comentário:

  1. to t seguindo segue eu ai!

    http://maiseducacaocleonicebragafonseca.blogspot.com/

    e

    http://euachoqueusimplesmentenaosei.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá! Muito Obrigado por comentar em nosso blog!
Volte Sempre! Grande abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...